14 março 2011

ORAÇÕES (Efésios: 6:18)


Poderíamos classificar as orações em três níveis diferentes: Deus, nós e outros. Dentro de cada um desses níveis há diversos tipos de oração:
  
I. DEUS COMO CENTRO DE NOSSAS ORAÇÕES.
-  Há orações que são dirigidas a Deus, visando Deus mesmo, o que ele é, o que ele faz e o que ele nos tem feito. Outra coisa não fazemos ou não buscamos, senão apresentar-lhe nossa gratidão, louvor e adoração. Dentro deste nível temos três tipos de oração:

1º. AÇÕES DE GRAÇAS.
-  É a oração que expressa gratidão a Deus por aquilo que ele tem feito por nós.

2º. LOUVOR.
- Louvar é reunir todos os feitos de Deus e expressa-los em palavras, numa atitude de exaltação e glorificação ao seu nome, que é digno de ser louvado. E exaltar a Deus no meu pensamento nos meus sentimentos, na minha atenção, nas minhas palavras, nas minhas atitudes, na minha vida. Apocalipse 4:1-11 5:9-14.
- Quando expressamos nossos louvores, estamos atraindo a presença dos anjos de Deus e pondo os demônios a correr, estamos criando em volta de nós uma atmosfera propicia as manifestações da presença de Deus e liberação do poder do Espirito Santo. Portanto, abra a sua boca e proclame: Exaltar-te-ei ó Deus meu e Rei... Salmo 145:1_7.
- A oração de louvor, mais que palavras, é uma atitude do coração daquele que considera a Deus supremo.
- O louvor é a arma contra os inimigos Ler II. Crônicas 20:19.Há uma força um poder invencível no louvor, que é qual bomba atômica sobre o inimigo. O louvor é arma que nos liberta de todo o tipo de prisão e desbarata os inimigos que nos cercam.

3º ADORAÇÃO.
- É o tipo de oração que exalta a Deus pelo o que Ele é. É a entrada no santo dos santos para responder ao amor do Pai. Ali nada fala do homem, mas dele. É o reconhecimento do que ele é. É a resposta do nosso amor ao amor divino. (Ap. 5)
  • Desejo e necessidade de adorar a Deus são inerentes ao homem. Ele é um ser religioso, por natureza e busca um veiculo e objeto de sua adoração. Se o homem não adora ao verdadeiro Deus ele encontrará um falso deus mas não deixará de expressar a alguém ou a alguma coisa sua devoção maior, como ao deus do eu, do sexo, do dinheiro, do prazer, aos ídolos, moloque, Baal, etc.

  • Para que o homem possa se tornar um adorador verdadeiro, tem que passar pela experiência de novo nascimento, tem que renunciar o mundo, a carne e o diabo e se entregar a Jesus seu único e todo suficiente salvador e, então o ES entrará em seu coração transformará sua natureza e fará com que dentro dele nasça um filho para Deus e ali se estabelecerá um elo de ligação que lhe permitirá ser transformado em adorador. Adoração é um estilo de vida. Um verdadeiro adorador o é o tempo todo. Adoramos a Deus em nosso espirito João 4:20. Deus não está mais preso em um santuário em Jerusalém, no momento em que Jesus estava suspenso entre os céus e a terra, pagando o preço da nossa redenção, bradou: está consumado. Terminava a fase dos sacrifícios, naquela hora exata a presença de Deus deixava o santo dos santos no templo em Jerusalém. Aquele foi o momento em que o véu se abriu de alto a baixo. Por que? Todos agora teriam acesso ao lugar santíssimo. Todos poderiam adorar sem véu. Deus fez de nosso espirito recriado o seu santuário na terra e ele se tornou o lugar da nossa adoração.

II. NÓS MESMOS COMO CENTRO DAS ORAÇÕES.
 -  Nesse nível temos também três tipos de oração:

1º PETIÇÃO. É a apresentação a Deus de um pedido formal, visando           satisfazer uma necessidade pessoal, tendo como base uma promessa de Deus. Jo 15:7. Mc 11:24, MT 7:7-8 Fp 4:6.
(abordar a questão da vontade de Deus).
    
2º CONSAGRAÇÃO. É uma atitude de submissão a vontade de Deus. Essa oração é para ocasiões em que a vontade de Deus é desconhecida. Exige espera...
    
3º ENTREGA. É a transferência de um cuidado ou inquietação para Deus. É lançar o cuidado sobre o Senhor. (Sl. 37:5).

III. OS OUTROS COMO CENTRO DAS ORAÇÕES.
- Aqui vamos a Deus como intercessores, levando a necessidade de outra pessoa. Nossos motivos primeiros é ver as circunstâncias alteradas na vida de outros. Esta é a oração de intercessão. Interceder é colocar-se no lugar de outro e pleitear a sua causa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário