30 junho 2016

SERÁS SALVO TU E A TUA CASA (Atos16.31)

- Família: É a primeira instituição de Deus para o progresso da raça humana. E desde o princípio, Satanás vem lutando contra essa instituição.
- Três Princípios Concernentes à Salvação da Família:

I. Confiar na Promessa de Deus. - Atos 16.31
a) Deus está compromissado em salvar a família, vemos isso, através de exemplos por toda a bíblia:
- A Salvação da Família de Noé - Gênesis 7:17
- A Salvação da Família de Raabe - Êxodo 12:23
- A Salvação da Família (ou casa) de Zaqueu - Lucas 19:9
- A Salvação da Família do carcereiro - Atos 16:31b)
- Confiemos, pois Ele é fiel para cumprir todas as suas palavras - II Corintios 1:20 

II. Interceder por sua família:
a) Aceite a recomendação de Jeremias - Lamentações 2:19
b) Tudo o que pedir em oração crendo recebereis. - Mateus 21:22

III. Ganhar através do Exemplo
a) Uma das tarefas mais difíceis. Se o marido não ouve conselho, que ele seja ganho sem palavra alguma, e apenas pelo comportamento da mulher - I Pedro 3:1
b) Vale mais o testemunho do que multidões de palavras.

Conclusão:
- Deus têm um projeto de Salvação para sua família!

AS MULHERES DA BfBLIA

1 - Eva, mulher curiosa: Gênesis 3:6 

2 - Hagar, mulher desprezada: Gênesis 21:14-19 

3 - Míriã, mulher ambiciosa: Números 12:1-2 

4 - Débora, mulher patriota: Juizes 4.:4 

5 - Rute, mulher constante: Rute 1:16 

6 - Ana, mulher mãe ideal: 1 Samuel 1:20; 2:19 

7 - Abigail, mulher capaz: 1 Samuel 25:3; 18-19 

8 - A Sunamita, mulher hospitaleira: li Reis 4:8-10 

9 - Ester, mulher que sacrificou a si mesma: Ester 4:16 

10 - A Siro-Fenícia, mulher de fé: Mateus 15:28 

11 - Maria Madalena, mulher transformada: Marcos 16:1-9 

12 - Isabel, mulher humilde: Lucas 1:43 

13 - Maria, mulher escolhida por Deus: Lucas 1:30-31 

14 - Maria de Betânia, mulher imortalizada: Mateus 26:13 

15 - Marta, dona de casa preocupada: Lucas 10:40 

16 - A Mulher de Samaria, mulher evangelista: João 4:19 

17 - Dorcas, mulher costureira benevolente: Atos 9:36 

18 - Lídia, mulher negociante: Atos 16:14-

29 junho 2016

SOMENTE UM PASSO (I Samuel 20:3)

1. É somente um passo entre mim e a morte. Aquele que reconhece isso, toma as devidas precauções. 
a) Nós somos passageiros. l Pedro 1:24; Salmo 90:5,6; Tiago 4:14. 
b) É um passo inevitável. Isaías 38:1-5. 
c) É um passo de separação. 
d) É um passo muito sério. 
e) Poderá ser o seu próximo passo. 

2. É somente um passo entre você e Jesus. 
É um passo de fé, isto comprovou o ladrão na cruz. 
a) É um passo que vale a pena. Mateus 11:28; Atos 10:43. 
b) E um passo da morte para a vida. João 5:24. 

3. Somente um passo entre você e a eternidade. 
Isto nós vemos no pobre Lázaro. 
a) Estêvão anteviu a eternidade. Atos 7:56. 
b) O Senhor deseja a eternidade para Si e para os Seus. João 17:24. 

4. Entretanto, há também somente um passo entre você e a perdição. 
a) Isto mostra a história do homem rico. Lucas 16:23. 
b) Isto o ladrão rebelde teve que experimentar.

CasadoOleiro

28 junho 2016

CANTAR-TE-EI SENHOR (Juízes 5:3)

1. Louvores ao Teu nome. Salmo 9:2

2. Por ter sido bondoso comigo. 
Salmo 13:6

3. A Tua força. 
Salmo 59:16

4. As Tuas misericórdias. 
Salmo 89:1

5. De toda a minha alma. 
Salmo 108:1 

6. Com saltério, cantar-te-ei louvores. 
Salmo 144:9

7. Cantar-te-ei louvores entre as nações. 
Salmo 57:9

OS LEVITAS

1. Eleitos por Deus. Números 8:6; João 17:2

2. "Purifica-os". Números 8:6

3. "Vós já estais limpos". João 15:3

4. "Apresenta-os como oferta ao Senhor". Números 8:11,14; João 17:9

5. Eles devem servir ao Senhor. Números 8:15; João 17:18

6. Dados ao Sumo-sacerdote. Números 8:15,19; João 17:6

7. Separados, santificados ao Senhor. Números 8:14; João 17:17

SACERDOTES DE DEUS (Levitico 8)

1. Chamados por Deus. V. 2

2. Lavados para estarem purificados. V. 6
 
3. Vestidos conforme o Senhor ordenara. V. 13
 
4. Cingidos para o ministério. V. 7
 
5. Santificados para o ministério. V. 24
 
6. Ungidos para o ministério. V. 30

27 junho 2016

A COLUNA DE NUVEM (Êxodo 13 :20-22; 14,20)

1. A coluna de nuvem conduzia os israelitas da velha para a nova vida

2. A nuvem apontava o caminho a seguir. Salmo 32:8

3. Confundia os inimigos de Israel

4. Estava no local de suprimento

5. Era seu guia de dia e de noite

6. Era o lugar de revelação de Deus. Salmo 99:7

7. Era a glória de Israel. Êxodo 40:34

CasadoOleiro

ISRAEL NO DESERTO (Êxodo 17)

1. Um lugar difícil de se morar: o deserto. V. 1

2. Uma situação desconsoladora: sem água. V. 3

3. O descontentamento de Israel com os caminhos de Deus. V. 3

4. O Deus misericordioso de Israel. V. 6

5. A luta árdua de Israel no caminho. V. 8

6. A grande vitória sobre Amaleque. V. 13

7. A expressão de gratidão de Israel. V.15

CasadoOleiro

26 junho 2016

CONSOLO E SEGURANÇA.

1. O Senhor vai adiante de Seu povo
- Deuteronômio 31:8

2. Ele acompanha os Seus
- Mateus 28:20

3. É sua retaguarda
- Isaías 52:12

4. O Senhor está em derredor de Seu povo
- Salmo 125:2

5. Deus estende Seus braços, que nos protegem
- Deuteronômio 33:27

6. Seus anjos acampam-se ao nosso redor
- Salmo 34:7

7. O nosso corpo mortal será transformado
- Filipenses 3:20,21

25 junho 2016

DEUS CONHECE (II Timóteo 2:19)

1. Deus conhece os nossos corações. 
- Salmo 44:21; 139:1,23,24; I Crônicas 28:9; Prov.érbios17:3; Romanos 8:27; Apocalipse 2:23

2. Deus conhece o caminho dos justos. 
- Salmo 1:6

3. Deus conhece os que confiam nEle. 
- Naum 1:7

4. Deus conhece as Suas ovelhas. 
- João 10:14

5. Deus conhece os Seus. 
- II Timóteo 2:19

24 junho 2016

A SANTIDADE

1- No olhar (Mateus 6.22; 18.9)

2- No falar (Mateus 5.37; Efésios 4.25)

3- No andar (Gálatas 5.16)

4- No portar-se diante dos des­crentes (Romanos 14.16)

5- Em todo o viver (Filipenses 1.21; Gálatas 2.20)

FONTES DE PODER (Atos 1:8)

1. Poder mediante a fé. 
- Daniel 11:32; Lucas 17:5-6

2. Poder mediante a oração. 
- Mateus 7:7-8. - Tiago 5:16

3. Poder mediante a palavra. 
- Colossenses 3:16; I João 2:14

4. Poder mediante a comunhão com Cristo. 
- Efésios 3:16-21; Gálatas 2:20.

UM LÍDER EXEMPLAR.

1. Chamado por Deus
Josué 1:2

2. Santo, que não tolerava pecado
Josué 7:25,26

3. Que orava
Josué 7:6

4. Vitorioso. 
Josué
11:23; Hebreus 4:8-15

5. Instrutivo
Josué 24:1-28

6. Exemplar
Josué 24:15

7. De grande influência
- Josué 24:31

23 junho 2016

TRÊS ÁRVORES

I – A árvore da provação - Gênesis 2:16-17; 3:1-15.
- O homem é um ser responsável.
1. A vontade: poder para escolher, obedecer ou desobedecer.
2. O ato: tomou do fruto proibido, insurgindo-se contra Deus.
3. O resultado: vergonha, medo, sofrimento, morte.

II – A árvore da redenção - I Pedro 2:24.
1. "Ele mesmo" – A pessoa.
2. "Levou nossos pecados" – A obra.
3. "Para que nós... vivamos para a justiça" – O objeto.
A nova vida está baseada sobre a salvação eterna.

III – A árvore da restauração - Apocalipse 22:1.
1. É restaurada a árvore perdida em Gênesis 3.
2. É símbolo de união perfeita com Deus, de perfeita felicidade no coração.
3. Ambiente glorioso para toda a eternidade.
4. A serpente não poderá entrar no paraíso celestial. - Apocalipse 20:10.

EsboçosdePregação

22 junho 2016

A LIBERTAÇÃO DE ISRAEL (Deuteronomio 6:20-25)

- A história de Israel é dada a nós como exemplo e para o nosso ensino. 1 Corintios 10:6. 
- Queremos aprender algo sobre sua libertação.1. A necessidade de sua libertação.
Israel era um povo de escravos, subjugado por Faraó. Deus viu e sentiu sua aflição e libertou o Seu povo. Êxodo 3:7-9. Como Israel esteve sob o domínio de Faraó, assim está o pecador sob o domínio de Satanás.

2. O próprio Senhor Deus Todo-poderoso libertou o Seu povo. Êxodo 3:7-9.
- Não foi Israel, e sim Deus, quem planejou a libertação. 
- Assim o Senhor Jesus veio a este mundo para nossa libertação.
- Tudo o que nós podemos fazer é suplicar-Lhe, mas a salvação vem dEle somente.
- Deus usou um instrumento: Moisés. Êxodo 3:10. Para nós veio alguém maior do que Moisés – Jesus Cristo, o Filho de Deus. Lucas 4:18,19.

3. Os meios que Deus usou para a libertação:
a) Sua mão poderosa. V. 21.
b) Sinais e maravilhas. V. 22; Êxodo 4.
c) Através de juízos graves sobre seus inimigos. V. 22.
- A mão de Deus pesou sobre os egípcios. A um juízo seguiu outro até que os egípcios terminaram afogados no Mar Vermelho. A salvação em dois sentidos:
- Pela libertação e saída da terra da aflição. Deuteronômio 6:23.
- Pela entrada na terra prometida. Colossenses 1:13.

4. O objetivo da salvação divina:
a) Para honrar e temer a Deus. V. 24; Pv. 22:4.
b) Para desfrutar das bênçãos da terra prometida. V. 24.
c) Para ter a justiça de Deus pela fé em Cristo. Romanos 5:1.
d) Para viver e servir a Deus, debaixo do Seu domínio. Tito 3:8.

21 junho 2016

OS PRECEITOS E JUÍZOS DE DEUS (Deuteronomio 4:1-9)

1. São poderosos. V. 1

2. Dão vida. V. 1

3. Asseguram uma herança. V.1

4. São perfeitos. V. 1

5. Não devemos nem precisamos acrescentar algo

6. Guardam a vida. V. 4

7. Dão sabedoria. V. 6

8. O grande Deus está por trás deles. V. 7

9. São justos. V. 8

10. São ricos em bênçãos. V. 9

20 junho 2016

O POVO DE DEUS

1. O povo de Deus é abençoado por Ele. Números 24:5,6.

2. É provido ricamente por Deus. Números 24:7.

3. Exaltado. Números 24:7.

4. Liberto. Números 24:8; 1 Tessalonicenses 1:10; Lucas 1:74.

5. Honrado. Números 24:17-19.

6. Feliz. Deuteronomio 33:29.

7. Seguro e salvo. Números 24:17; João 10:9-11.

COISAS DESEJÁVEIS (II Tessalonicenses 1)

1. Uma Fé que cresce. - V. 3.

2. Um Amor abundante. - V. 3.

3. Uma Paciência que suporta. - V. 4.

4. Um Sofrimento justo. - Vs. 5-7.

5. Uma Glória admirável. - V. 10.

6. Uma Recomendação digna. - V. 11.

7. Uma Obra poderosa. - V. 11.

UMA PERGUNTA DIRETA (Êxodo 10.3)

I. O orgulho do homem.
a) Tolo - mostra falta de conhecimento de Deus.
b) Presunçoso — deliberadamente resiste à vontade de Deus.
c) Vão - o orgulho será posto abaixo (Provérbios 18.12).

II. A pergunta de Deus revela:
a) A sua graça. 
b) A sua dor.
c) A sua impaciência.

III. As desculpas comuns:
a) Até outra ocasião.
b) Até que eu sinta-me melhor.
c) Até que a minha vida fique regulada.
d) Até que termine o trabalho ou negócio que me impede.
e) Até a hora da morte.
- Enfim, quando o meu tempo chegar. Mas o tempo de Deus é agora, hoje.
- Humilhai-vos (1 Pedro 5.6).

SamuelNystrom

18 junho 2016

AMARGURAS DA MULHER DO FLUXO DE SANGUE (Lucas 8:43-48)

Havia ficado estéril 
- Havia ficado pobre 
- Havia ficado isolada 
- Havia perdido a esperança Uma das mais belas histórias e exemplos de fé a serem seguidos. 

I. A amargura da esterilidade:
• A mulher judia, que não gerava, era considerada amaldiçoada (I Samuel 1:15)
• A mulher judia, que não gerava, logo dividiria seu marido com uma concubina (Gênesis 16:1-3.)
• A mulher judia esperava ser a mãe do Messias, devido à profecia de Isaías: uma virgem conceberá, então, todas as moças, como o mundo da época, não aceitavam Jesus como o Messias. Aguardavam ainda que esse Messias viesse a nascer e tinham um sonho: ser a mãe do Messias. Porém, esta mulher estava excluída, a doença havia deixado-a estéril (Isaías 7:14);
• Hoje, quantas mulheres podem dar à luz, mas preferem abortar;
• Quantas Igrejas já não geram mais "filhos", pois estão estéreis.

II. A amargura da pobreza:
• Gastar dinheiro com bens não é ruim, porém com doença é terrível;
• Ficar pobre por motivo de doença é frustrante;
• Sem dinheiro, viu-se condenada à miséria;

III. A amargura da solidão:
• Por esta doença ela era considerada imunda;
• Era tratada de modo semelhante ao leproso, pois também não podia entrar em repartições públicas;
• Devia sempre ouvir a terrível frase: imunda! imunda! Em alto e bom som;
• Não tinha amigos;
• Alguém, na época, achava que esta doença era devido aos pecados, então, por isto, era discriminada;
• Hoje em dia, o pecado separa o homem de Deus;
• O pecado deixa o homem imundo diante de Deus;

IV. A amargura da falta de esperança:
• A falta de esperança é uma coisa muito séria;
• Muitos, por não tê-la, perdem a vontade de viver (depressão);
• Ficam perdidos dentro de si;
• Esquecem-se de que há um Deus;
• O homem pode perder tudo, menos a esperança, o sonho e os objetivos.

Marco Feliciano

17 junho 2016

DICAS PARA CASAIS

- Estas dicas aprendi ao longo da minha caminhada cristã, tanto lendo a Bíblia, livros, ouvindo pregações, aconselhamentos com pessoas mais maduras ou vivenciando mesmo. 
- Não se trata de um manual exaustivo, mas algumas breves dicas que achei importante compartilhar, retenha o que for bom pra você.

1 –Busque a Deus em primeiro lugar 
- Se o Senhor não edificar a casa em vão trabalham os que a edificam. Devemos buscar o Senhor em primeiro lugar sempre.
- É muito importante orarmos um pelo outro, pedirmos sabedoria a Deus, cultivarmos o hábito de fazer devocionais juntos, ler livros edificantes, estar firme em uma igreja local cultuando ao Senhor, ter amizades com pessoas sábias que possam ajudar no aconselhamento.
- Ou seja, devemos nos aproximar do que nos aproxima de Deus e nos afastar do que nos afasta dele. 

2 – Até as dificuldades do relacionamento cooperam para o nosso bem.
- Todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus. Até mesmo as dificuldades que enfrentamos nos relacionamentos servem para que sejamos tratados, aperfeiçoados em paciência, amor, bondade, domínio próprio, etc.
- Encare as dificuldades como uma oportunidade de amadurecimento e crescimento em Cristo.

3 – Procure a Paz
Se depender de nós devemos ter paz com todos. Existem coisas que podemos relevar, o amor encobre uma multidão de pecados. Claro que não devemos ficar omissos ou deixar passar tudo, porém, existe uma forma certa e momento certo para críticas construtivas e existem coisas que podemos relevar.

4 – Comunicar-se é essencial
- A vida e a morte estão no poder da língua. Devemos ter sabedoria no falar e no calar. Devemos buscar uma comunicação saudável com nosso cônjuge.
- Evitar ironias, palavras grosseiras e desrespeitosas, o silêncio para frustrar o outro, evitar falar palavras que podemos nos arrepender depois, pois muitas vezes palavras insensatas causam feridas na alma.
- Procure meios para melhorar a forma de se comunicar eficazmente e de se policiar nas palavras.

5 – Nos momentos de dificuldades não pense em desistir, mas naquilo que te traz esperança.
- Existem casais que estão bem durante a semana, porém quando tem uma briga esquecem totalmente de tudo aquilo que construíram, esquecem os momentos bons e só conseguem focalizar nas coisas ruins do outro, generalizando o relacionamento, dizendo: “nós nunca estamos bem”, “ele não presta”, etc.
- Dificuldades acontecem porém nesses momentos devemos lembrar da aliança que fizemos com Deus e com nosso cônjuge e não pensarmos em divórcio em cada briga. Lembre-se dos votos, dos momentos bons e sempre lute por sua família.

6 – Não traga de volta problemas já resolvidos.
- Aquele que traz à tona um problema já resolvido separa os melhores amigos. Quando já houve o arrependimento e o perdão o problema está resolvido. 
- Trazer de volta à tona um problema que já foi resolvido é como abrir novamente uma ferida que já estava cicatrizada, fazer isso é caminhar para um ciclo de brigas.
- Se você perdoou de verdade, dê um ponto final na questão.

7 – Você tem uma pessoa para amar. Mesmo se aparecem pessoas mais bonitas ou legais, não são a sua.
- Nosso relacionamento não pode se fundamentar em beleza ou na conversa. Pois saiba que sempre vai aparecer alguém mais bonito ou mais legal que o seu cônjuge. Porém, não devemos ter olhos para outras pessoas, devemos pensar: este (a) é o meu.
- Foi com esta pessoa que eu me casei. Não importa se a aparecer um Brad Pitt ou uma Angelina Jolie dentre minha roda de amigos, eu preciso aprender a ter como o meu referencial de beleza o meu cônjuge e saber que só tenho uma pessoa para desejar.

8 – Reconheça seus erros e esteja aberto para o perdão
- Quando Adão pecou, colocou a culpa em sua esposa e indiretamente no Senhor. Dizendo: “a mulher que tu me deste”, este não foi um bom exemplo a ser seguido.
- Devemos ter capacidade de assumir nossos erros, reconhecer nossas falhas e com humildade dizer “Eu errei, falhei, me perdoe”. 
- E também estar abertos para perdoar quando o outro fizer o mesmo, de outro modo como faríamos a oração do Pai nosso que diz: “perdoa as nossas ofensas como nós perdoamos.”?

10 – Invista em atitudes amorosas
- Palavras de incentivo, elogios, presentes, passar tempo com a outra pessoa, carinho,atenção, atitudes que o outro gostaria que você fizesse, surpresas, passeios, jantar romântico, declarações de amor... essas coisas fortalecem o relacionamento. 
- Certa vez vi uma ilustração que dizia que os relacionamentos são como uma conta bancária que podemos fazer depósitos e retiradas, cada briga, grosseria é uma retirada e se brigar muito a conta fica no vermelho e cada atitude de amor um depósito. Então deposite bastante neste banco do amor.

11 - Valorize a integridade do seu cônjuge
- Evite falar mal do seu cônjuge em público, ou até mesmo em conversas comuns com outras pessoas.
- Os problemas ou defeitos do outro não precisam ser divulgados aos quatro cantos. A medida do possível zele pela integridade do seu cônjuge. Tenham respeito um pelo outro.

Espero que essas dicas possam ajudá-los de alguma forma. Deus os abençoe grandemente. Graça e Paz.

16 junho 2016

LIÇÕES NA VIDA DE ELIAS (1 Reis 17:1-8)

- Hoje aprenderemos seis lições com a vida deste grande profeta de Deus 

Lição - 1 Direção v. 3
- Vai-te daqui. 
- Todo servo de Deus precisa ter um uma direção de Deus. 

Lição - 2 Submissão v. 3
- Esconda-te.
- Não podia se apresentar.
- Nós queremos ser visto, mas muitas vezes Deus diz: “esconde-te”.

Lição - 3 Obediência v. 5
- Foi e fez conforme. 
- A obediência é a maior virtude de um cristão.

Lição - 4 Disciplina v. 6
- Carne trazida pelos corvos (já imaginou que situação...).
- Bebia a água do ribeiro. 
- Quantos já não têm mais o prazer de se curvar diante dos ribeiros espirituais.
- Não se curvam mais no ribeiro da humildade.
- Não se curvam mais no ribeiro da oração. 

Lição - 5 Provação v. 7
-O ribeiro secou.
- Há quem diz que os corvos não trouxeram mais carne.
- Esta é uma das mais difíceis lições na vida do Profeta, entretanto temos que passar por ela.

Lição - 6 Prosperidade 
- Começou escondido, terminou apresentando-se. 
- Foi alimentado pelos corvos, por uma viúva, e por fim, pelos anjos.

Mefibosete

15 junho 2016

A MULHER SUNAMITA

- Alguns aspectos importantes na vida da sunamita fortalecem a fé e a perseverança do crente, ensinando-o a não abrir mão de sua bênção. 
- A aflição da sunamita diante da morte do seu filho assemelha-se à situação de muitas pessoas que estão passando momentos de tribulação, e as incentiva a buscar a misericordiosa interferência de Deus. 
- BÊNÇÃO É: Graça concedida por Deus. Acontecimento feliz. Ação pela qual os pais abençoam os filhos. Ato de expressar verbalmente desejos de sucesso e felicidade a alguém. 

I. ATITUDES DE UMA MULHER CORAJOSA: 
1 —A sunamita era uma mulher que sabia fazer o bem 
- A sunamita construiu um quarto em sua propriedade para hospedar o homem de Deus (2 Reis 4.9,10). 
2 — Tinha profundo respeito pelo profeta 
- A sunamita não ousou passar da porta do quarto quando foi chamada pelo profeta (2 Reis 4.15). 

II. O QUE FAZER NOS MOMENTOS DE CRISE PARA NÃO PERDER A BÊNÇÃO: 
1 — Evitar ações 
- A sunamita poderia ter enterrado logo o filho, mas em vez disso deitou-o na cama do profeta, trancou a porta e buscou ajuda (2 Reis 4.21). 
2 —Agir corretamente 
- A sunamita solicitou ao marido um moço e uma jumenta para que a conduzissem até o homem de Deus (2 Reis 4.22). 
3-Ter fé 
- A sunamita resolveu buscar o homem de Deus porque sabia que este poderia ressuscitar o menino. 

III. NOS MOMENTOS DE CRISE. O CRENTE DEVE TAMBÉM: 
1 — Buscar ajuda 
- Deus está sempre pronto a socorrer o aflito (Salmo 18.6). 
2— Empregar grande esforço 
- A sunamita andou várias léguas montada em um jumento (2 Reis 4.24.25). 
3 — Ir ao lugar certo 
- A sunamita foi ao monte Carmelo, onde estava o profeta (2 Reis 4.25). O monte Carmelo, espiritualmente, significa o monte da oração. 
4 — Ter discernimento 
- Para Geazi, ela disse que tudo estava bem, mas, diante do homem de Deus, ela derramou suas lágrimas, chorou e desabafou (2 Reis 4.26,27). 

IV. RAZÕES PARA NÃO ABRIRMOS MÃO DE NOSSA BÊNÇÃO: 
1— Por mais que a luta seja difícil, Deus tudo pode (Lucas 1.3 7); 
2 — Para tudo, Deus tem um propósito (Romanos 8.28); 
3 -A palavra final pertence a Deus (Salmo 33.9; 62.11). 

CONCLUSÃO 
- O crente jamais deve desistir de lutar pela bênção que Deus lhe reservou, mas continuar buscando a resposta por meio da oração.
- Mesmo diante da morte, a sunamita não desistiu, pois confiava que Deus poderia operar um milagre e fazer o impossível tornar-se possível.

Mefibosete

14 junho 2016

OS 12 ESPIAS - A INCREDULIDADE E A FÉ

- Os dez homens indicados por Moisés para espionar a terra prometida citaram o que Deus prometera por intermédio de Moisés em Êxodo 3.8 e 33.3, ou seja, que eles iriam entrar numa terra que mana leite e mel. Porém, esses espias duvidaram que fosse possível conquistá-la. Se o crente estiver dominado pela incredulidade, duvidará das promessas de Deus. 

INCREDULIDADE É: Descrença. Falta de fé; irreligião; ateísmo. 

I. ATITUDES QUE CARACTERIZAM UMA PESSOA INCRÉDULA: 
1 — Duvida das promessas de Deus 
- Esses dez homens demonstraram que eram pessoas dominadas pela incredulidade. Eles duvidaram da promessa de Deus: 
(Números 13.31,32). 
2— Tem memória curta 
- Esses dez homens não se lembraram dos sinais no Egito. O Senhor falou que: “...viram a minha glória e meus sinais que fiz no Egito e no deserto, e me tentaram...» (Números 14.22). 
3 — Vive do aqui e do agora 
- Esses dez homens disseram: “O povo, porém, que habita nessa terra é poderoso...” (Números 13.28). 
4 — Tem o foco lia impossibilidade 
- Esses dez homens disseram: “Não poderemos subir contra aquele povo...” (Números 13.311. 

II. OUTRAS ATITUDES DE QUEM NÃO CRÊ: 
1 — Contagia quem esta por perto 
- Esses espias “...infamaram a terra, que tinham espiado, perante os filhos de Israel...” (Números 13.32). 
2 — Tem complexo de inferioridade 
- Esses espias também se consideraram fracos e impotentes. Disseram: “Também vimos ali gigantes, filhos de Anaque, descendentes dos gigantes. E éramos aos nossos olhos como gafanhotos” (Números 13.33). 
3 — Mantém o Egito dentro de si 
- Depois deste relatório pessimista, o povo chorou naquela mesma noite e murmurou contra Moisés e Arão, e toda a congregação lhe disse: “Ah! Se morrêssemos na terra do Egito!” (Números 14.1,2). 

III. ATITUDES QUE MARCAM UMA PESSOA DE FÉ: 
1 — Acredita na vitória 
- Paulo disse: “Porque eu sei em quem tenho crido...” (2 Timóteo 1.12). 
2 — Volta a atenção para Deus 
- Em Números 14.8, Josué e Calebe falaram: “Se o Senhor se agradar de nós...” 
3 — Depende de Deus 
- Em Números 14.8b, Josué e Calebe continuam a dizer: “...então nos porá nesta terra, e no-la dará, terra que mana leite e mel ‘ 
4 - Obedece a Deus 
- Em Números 14.9, Josué e Calebe exortam o povo à obediência. 
- Dizem: “Tão-somente não sejais rebeldes contra o Senhor...” 

IV. OUTRAS ATITUDES DE UM CRENTE DE FÉ 
1 — Não é dominada pelo medo 
- Em Números 14.9, Josué e Calebe animam o povo. Dizem: “... não temais o povo desta terra...” 
2 — As adversidades não são elementos de derrota 
- Os empecilhos para os incrédulos eram as nações dos jebuseus. Mas, para Josué e Calebe, essas nações nada representavam. 
3 — Confia na companhia do Senhor 
- Em Números 14.9, Josué e Calebe dizem que “...retirou-se deles (dos jebuseus) o seu amparo, e o Senhor é conosco...” 
4 — Crê que em Deus a vitória esta garantida 
- Em Números 14.30, o Senhor diz que o povo não entraria na erra prometida, salvado apenas Josué e Calebe. 

CONCLUSÃO 
- Deus cuida daquele que Nele crê. Em Números 14.10 está escrito que toda a congregação queria apedrejar Josué e Calebe.
- Porém, a glória do Senhor apareceu para defendê-los.
- A pessoa de fé pode contar com a proteção de Deus em meio às adversidades da vida.
- Porém, os incrédulos não poderão desfrutar das bênçãos do Senhor em sua vida nem entrarão na cidade celestial.

Mefibosete

UM ENCONTRO COM JESUS TRAZ LIBERTAÇÃO E CURA (Marcos 5:34)

- Acredito que a maioria de nós quer ter um encontro sobrenatural com Jesus. 
- Queremos a cura (física, financeira, emocional e espiritual), mas nem sempre sabemos como receber esses presentes que Jesus nos oferece gratuitamente. Abaixo está um esboço simples de seguir. 
- Lembre-se, Jesus não é um “gênio da lâmpada” ou uma “máquina de bênçãos” que existe só para dar aquilo que você quer.
- Ele é o seu Salvador amoroso que tem planos para a sua vida muito melhores do que os seus.
- Nem sempre a cura que Ele traz, será exatamente como você acha que deveria ser, mas no nível da eternidade, Ele sempre lhe dará o que você precisa, para o seu bem e para glória de Deus.
- Abaixo estão 3 passos para receber um milagre:

1º) ACREDITE NO PODER DE DEUS "Sem fé é impossível agradar a Deus, pois quem dele se aproxima precisa crer que ele existe e que recompensa aqueles que o buscam." (Hebreus 11:6)

2º) ORE COM FÉ: "E a oração feita com fé curará o doente; o Senhor o levantará. E se houver cometido pecados, ele será perdoado."(Tiago 5:15)

3º) CONFIE EM DEUS, MESMO EM CIRCUNSTÂNCIAS CONTRÁRIAS: "Confie no Senhor de todo o seu coração e não se apóie em seu próprio entendimento; reconheça o Senhor em todos os seus caminhos, e ele endireitará as suas veredas." (Provérbios 3:5,6).

13 junho 2016

SEM JESUS NÃO DÁ!

I. SEM JESUS NÃO DÁ PARA SER FILHO DE DEUS.
- João 1:12

II. SEM JESUS NÃO DÁ PARA OBTER PERDÃO DE PECADOS.
- João 1:29

III. SEM JESUS NÃO DÁ PARA SER LIVRE DE VERDADE.
- João 8:32,36

IV. SEM JESUS NÃO DÁ PARA TER VIDA COM QUALIDADE.
- João 10:10

V SEM JESUS NÃO DÁ PARA RECEBER PAZ VERDADEIRA.
- João 14:27

VI. SEM JESUS NÃO DÁ PARA CHEGAR AO CÉU.
- João 14:6

12 junho 2016

11 junho 2016

O JOVEM CRISTÃO

1. Exemplo dos fieis
- 1 Timóteo 4.12.

2. Humilde
- 1 Samuel 16.11.

3. Corajoso
- Juízes 6.12.

4. Trabalhador
- 1 Samuel 16.11.

5. Inteligente
- Gênesis 41.39.

6. Dedicado
- 1 Samuel 1.20-28.

7. Sonhador
- Gênesis 37.5-10.

10 junho 2016

O ANDAR DO CRENTE

1. Semelhante a Cristo
- 1 João 2.6.

2. Em novidade de vida
- Romanos 6.4.

3. Por fé
- 2 Corintios 5.7.

4. No Espírito
- Gálatas 5.16.

5. Em amor
- Efésios 5.2.

6. Com prudência
- Efésios 5.15.

7. Na luz
- 1 João 1.7.

AINDA HÁ ESPERANÇA (Esdras 10.2).

1. Para o justo na hora da morte
- Provérbios 14.32.

2. Para crente nas promessas de Deus
- Atos 26.6-7.

3. Para o pecador que se arrepende
- Lucas 15.10.

09 junho 2016

DEUS É MARAVILHOSO (Isaias 9.6)

1. Nos seus ensinos
- Mateus 13.54.

2. Nos seus milagres
- Lucas 5.26.

3. No seu poder
- Marcos 1.27.

4. No seu amor
- João 13.1.

NÃO TEMAS (Isaias 41.13)

1. Deus está contigo
- Gênesis 26.24.

2. Provisão em tempo de fome
- 1 Reis 17.13.

3. Proteção contra o perigo
- 2 Reis 6.16.

4. Ele está presente nas provas
- Isaias 43.1-3.

08 junho 2016

FIEL É DEUS (1 Corintios 1.9).

1. Em seus conselhos
- Isaias 25.1.

2. Em suas promessas
- Hebreus 10.23.

3. Em seus testemunhos
- Salmo 119.138.

4. Em perdoar pecados
- 1 João 1.9.

CRISTO É CAPAZ.

1. De libertar
- Daniel 3.17.

2. De cumprir as promessas
- Romanos 4.21.

3. De guardar nosso tesouro
- 2 Timóteo 1.12

4. De salvar completamente
- Hebreus 7.25.

5. De guarda-nos de cair
- Judas 1.24.

07 junho 2016

EXTREMIDADES DA CRUZ (Efésios 3.18-19).

1. Largura. Abrange a todos
- Marcos 15.16.

2. Comprimento. Abrange a todos os tempos
- Efésios  1.3.

3. Altura. Estendeu-se até ao céu para trazer o filho amado esvaziando de sua majestade para aonde também nos levará
- João 14.1-3.

4. Profundidade. Suportou sofrimento infinito para expiar os nossos pecados
- 1 Pedro 2.24.

A PACIÊNCIA É NECESSÁRIA.

1. Nas tribulações
- Romanos 12.12.

2. Nas perseguições
- 2 Tessalonicenses 1.4.

3. Para herdar as promessas de Deus
- Hebreus 6.12.

4. Para esperar a vinda de Cristo
- Tiago 5.7.

06 junho 2016

ESPERANÇA NO DESESPERO (Jó 19.25)

I. JÁ POSSUIA UM AMIGO VERDADEIRO NO MEIO DE SEUS AMIGOS CRUÉIS (ELIFAZ, BILDADE E SOFAR)
a) Seu parente – Jesus (Hebreus 2.11; Romanos 8.35)
b) Seu defensor – Jesus (Apocalipse 12.10)

II. JÓ ENCERRAVA POSSESSÕES NO MEIO DA SUA POBREZA – SEU REDENTOR
a) Sua vida está nas mãos dele
b) Ele é seu protetor
c) Ele é sua esperança na vida e na morte

III. JÓ DESFRUTAVA DE UM PARENTE VIVO NOP MEIO DA FAMÍLIA MORTA
a) Jesus, a cabeça da casa
b) Jesus, seu intercessor, para orar em seu favor no céu
c) Jesus, o advogado de defesa, para preservar seus direitos na terra

IV. JÓ FLUÍA DE UMA CERTEZA NO MEIO DE TANTA INCERTEZA, “EU SEI”
a) A sua fé lhe deu certeza (Hebreus 11.1)
b) As provas não o levaram, a duvidar
c) As dificuldades não perturbaram sua confiança no Redentor
d) Os amigos não destruíram sua confiança de que Deus haveria de livrá-lo

“Olho para os montes, de onde me virá o socorro” Salmo 121.1

05 junho 2016

VENCENDO O INIMIGO (Neemias 6:16)

- Toda empreitada gera inimigos e adversários, para vence-los precisamos:

1 - Orar e vigiar - Neemias 4:8-9, 16-17; Mateus 26:41

2 - Não perder tempo com o inimigo - Neemias 6:2-3

3 - Não temer(fugir) - Neemias 6:11

Conclusão:
- Com ajuda de Deus somos que vencedores.

04 junho 2016

A VOZ DA ORAÇÃO (Salmo 5.1-11)

- Oração é o grito da alma

I. A DIVERSIDADE DA ORAÇÃO
a) Oração formal – escuta
b) Oração mental – atende
c) Oração vocal – atende a voz

II. CONSIDEREM O PODER DA ORAÇÃO
a) Dirige-se a Deus – meu Rei
b) Dirige-se a Deus – meu Deus

III. CONSIDEREM A REGULARIDADE (Deuteronômio 4.29)
a) Oh! Senhor para manhã (v.3; Salmo 55.16-17; 88.13)

IV. CONSIDEREM A EXPECTATIVA NA ORAÇÃO
a) Cheia da visão de fé (Hebreus 11.6)

V. CONSIDEREM A CONFIANÇA
a) Entrarei (v.7)
b) Me prostrarei (v.7)

CONCLUSÃO:
- No que resulta; GOZO (v.11)

03 junho 2016

LIÇÕES EM PROVÉRBIOS 5

I – A MULHER DA RUA: FIQUE LONGE DELA (5.1-14, 21-23)
A – O prazer que ela oferece (5.3)
1- Seus lábios são doces como o mel (5.3)
2- Sua boca é mais suave que o azeite (5.3)

B – O preço que você paga (5.4-14, 21-23)
1- Mas o seu fim é amargoso (5.4): É agudo como a espada de dois gumes
2- Os seus pés descem a morte (5.5): Os seus passos seguem o caminho de Seol
3- Ela não pondera a vereda da vida (5.6): Incertos são os seus caminhos, e ela o ignora
4- A perda da reputação (5.7-9): Ela levará a sua honra
5- A perda do autorespeito (5.12-14): Voce chega a margem da ruína completa
6- A perda da riqueza (5.10): Outros desfrutarão o fruto do seu trabalho
7- A perda da saúde (5.11): A doença consome seu corpo
8- A perda da alma (5.21-23)

II – A ESPOSA EM CASA: DELEITE-SE NELA (5.15-20)
A – A regra: Permaneça fiel a ela (5.15-20)

B – A recompensa: O amor dela o sastifará (5.19-20)